21.1.16

O AMOR NÃO CAUSA DOR, NÓS CAUSAMOS.

21.1.16
Eu sempre costumava achar que o amor era uma coisa ruim, pelo menos era o que sempre ouvi falar, que dava muita dor de cabeça gostar de alguém e amar alguém era muito difícil, ouvi inúmeras historias. Mas hoje resolvi contar um pouco sobre uma.

Durante muito tempo não falava sobre isso, pois eu achava que se eu não falasse, eu iria esquecer e quando me perguntavam, eu sempre sentia a mesma coisa, então simplesmente, durante um dia chuvoso, eu resolvi escrever como me sentia em relação a ele, obviamente não foi para enviar e sim para me aliviar e eu  conseguir entender o que de fato estava acontecendo comigo.




Eu tinha me apaixonado, era diferente  de tudo que já tinha sentindo antes, era uma coisa que me consumia de um forma boa, nós éramos amigos e todos falavam que sentíamos algo um pelo outro, ele sacrificava algumas coisas apenas para me ajudar em outras e vice-versa. Eu sabia que podia contar com ele e até hoje não sei explicar ao certo porque me afastei tanto, mas ficar perto não estava mais me fazendo tão bem, passou bastante tempo, ele encontrou outra pessoa e sinceramente? Eu fique feliz por ele. E foi naquele momento que eu percebi que eu o amava, pois paixão é algo passageiro, eu queria vê-lo feliz. No dia de sua aniversario, eu escrevi tudo que eu precisava e enviei, ele me respondeu e no dia do meu aniversario ele me surpreendeu e me mandou um texto imenso também. Foi então que entendi, que ele também me amava.



Nos não nos falamos mais, temos vidas distintas, mas ele sempre será uma parte mim, muito importante, pois apenas depois de tudo isso, eu realmente pude perder quem sou, eu fui atrás de coisas que gostava, eu procurei estar com pessoas que me amavam. Eu me transformei.Podem dizer que decepções amorosas são dolorosas, mas a minha foi libertadora, eu acho que eu me escondi por muito tempo no meu casulo com medo e finalmente me transformei em uma borboleta.





O que estou querendo dizer com tudo isso é que eu realmente aprendi muita coisa sobre o amor, a primeira lição foi sobre eu me aceitar, aceitar a minha forma de pensar, aceitar quem sou, pois eu sempre pensei que fosse  madura o suficiente e logo depois percebi, que maturidade é uma questão de perspectiva. Aprendi que você não precisa estar apaixonada para amar alguém e que amar não é sofrer. Amar é simples. Amar  é aceitar. Amar é estar lá sempre que precisar. Amar é se importar. Amar é a junção de todas as coisas importantes para o afeto humano, mas nós complicamos tudo, pois o amor é bem simples. Sempre estamos tão confusos e cheios de coisas que parece que tudo que é fácil é errado, então nós fugimos.




Meu amigo, eu quero lhe dizer que não existe nada melhor do que se abrir para o amor, de todas as formas, pois eu nunca estive tão bem quanto estou agora. E você qual a sua historia de amor? Espero que você se tiver alguma dor, que elas se torne flor.  

Beijo,



Instagram - Twitter 
Esse post faz parte do projeto "VOCÊ AQUI" onde você pode criar e compartilhar aqui no blog, mande seu post pro meu email em contato. 

Postar um comentário
Lenna Maria Blog - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©